...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Resolução do CFT define atribuições para técnicos em manutenção de equipamentos aeronáuticos navegação e comunicação

O documento estabelece ainda os campos de atuação e as prerrogativas profissionais nas áreas pública e privada, inclusive para realização de perícia e emissão do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) em estudos e projetos ligados à manutenção dos equipamentos aeronáuticos de navegação e comunicação.

Técnicos em Manutenção de Aeronáutica em Aviônicos já dispõem das atribuições definidas por meio da Resolução nº 174. A normativa federal aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) no mês de dezembro, passou a vigorar na terça-feira (25), após publicação no Diário Oficial da União. O documento estabelece ainda os campos de atuação e as prerrogativas profissionais nas áreas pública e privada, inclusive para realização de perícia e emissão do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) em estudos e projetos ligados à manutenção dos equipamentos aeronáuticos de navegação e comunicação.

Formação e conhecimento

A Resolução do CFT foi elaborada base nas orientações do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT) e contribuições da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Para atuar como Técnico ou Técnica em Manutenção de Aeronáutica em Aviônicos o profissional deverá ter cumprido curso técnico de formação com carga horária mínima de 1200 horas aula e ter conhecimento teorico e práticos relacionado aos processos de planejamento e manutenção de aeronaves; sustentabilidade do processo produtivo; normas técnicas da aviação e demais saberes compatíveis com a função exercida.

Atribuições

Entre as atribuições dos Técnicos Industriais em Manutenção de Aeronáutica em Aviônicos estão os processos de coordenação; programação; planejamento; controladoria; inspeção; testes; diagnóstico; manutenção preditiva, preventiva e corretiva dos sistemas elétricos e eletrônicos de navegação, comunicação, monitoramento e controle de aeronaves.

Demais atribuições

  • Diagnosticar as condições dos instrumentos que compõem uma aeronave e fazer testes de comissionamento e de performance em equipamentos de aeronaves;
  • Elaborar e indicar os processos de manutenção a serem executados na revisão;
  • Desmontar, montar, inspecionar, realizar testes, calibrar e dar manutenção nos instrumentos de aeronaves;
  • Realizar a remoção, manutenção e instalação de baterias;
  • Fazer testes, analisar e corrigir as panes do sistema elétrico/eletrônico de equipamentos e instrumentos;
  • Inspecionar e substituir componentes dos sistemas elétricos/eletrônicos de equipamentos e instrumentos;
  • Instalar, remover, inspecionar, substituir e executar serviços em sistemas de comunicação e de navegação, de piloto automático, servomecanismos, sistemas de acoplamento e aproximação, sistemas de intercomunicação, sistemas VOR (Very High Frequency Omnidirectional Range), ILS (Instrument Landing System), LORAN (LOng RAnge Navigation), Radar beacon, FMS (Flight Management System) e GPWS (Ground Proximity Warning System);
  • Corrigir defeitos nos componentes elétricos e eletrônicos das cabines, setor das asas, seção central, setor do trem de pouso, antenas, luzes da empenagem, setor do motor, hélice, setor de comunicação, navegação e do sistema de piloto automático;
  • Fazer inspeção nos sistemas de detecção, eliminação e controle do gelo;
  • Aplicar procedimentos de manuais de fabricantes, publicações técnicas e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico;
  • Aplicar as normas técnicas relativas aos respectivos processos de trabalho relacionadas à qualidade, segurança, meio ambiente e saúde;
  • Emitir laudos técnicos e fazer vistorias dentro de suas atribuições;
  • Elaborar manuais técnicos e de boas práticas;
  • Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade.

Últimas notícias

CFT participa de lançamento do Selo Amigo da Escola

Projeto idealizado pelo Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado do Rio de Janeiro (CRT-RJ), pretende estimular e reconhecer o ensino técnico de qualidade oferecido…
Ler mais...

CFT prestigia lançamento de novo campus do Instituto Federal de Brasília

Presidente Solomar Rockembach participou do lançamento da pedra fundamental do projeto que será construído em uma das regiões administrativas mais populosas do Distrito Federal.
Ler mais...

Presidente do Senado recebe convite do CFT

Senador Rodrigo Pacheco (PSD/RO) foi convidado pelo presidente Solomar Rockembach para participar da Semana Nacional do Técnico Industrial 2024. Quinta edição do evento promovido pelo…
Ler mais...

Resolução do CFT define atribuições para técnicos em manutenção de equipamentos aeronáuticos navegação e comunicação

O documento estabelece ainda os campos de atuação e as prerrogativas profissionais nas áreas pública e privada, inclusive para realização de perícia e emissão do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) em estudos e projetos ligados à manutenção dos equipamentos aeronáuticos de navegação e comunicação.

Técnicos em Manutenção de Aeronáutica em Aviônicos já dispõem das atribuições definidas por meio da Resolução nº 174. A normativa federal aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) no mês de dezembro, passou a vigorar na terça-feira (25), após publicação no Diário Oficial da União. O documento estabelece ainda os campos de atuação e as prerrogativas profissionais nas áreas pública e privada, inclusive para realização de perícia e emissão do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) em estudos e projetos ligados à manutenção dos equipamentos aeronáuticos de navegação e comunicação.

Formação e conhecimento

A Resolução do CFT foi elaborada base nas orientações do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT) e contribuições da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Para atuar como Técnico ou Técnica em Manutenção de Aeronáutica em Aviônicos o profissional deverá ter cumprido curso técnico de formação com carga horária mínima de 1200 horas aula e ter conhecimento teorico e práticos relacionado aos processos de planejamento e manutenção de aeronaves; sustentabilidade do processo produtivo; normas técnicas da aviação e demais saberes compatíveis com a função exercida.

Atribuições

Entre as atribuições dos Técnicos Industriais em Manutenção de Aeronáutica em Aviônicos estão os processos de coordenação; programação; planejamento; controladoria; inspeção; testes; diagnóstico; manutenção preditiva, preventiva e corretiva dos sistemas elétricos e eletrônicos de navegação, comunicação, monitoramento e controle de aeronaves.

Demais atribuições

  • Diagnosticar as condições dos instrumentos que compõem uma aeronave e fazer testes de comissionamento e de performance em equipamentos de aeronaves;
  • Elaborar e indicar os processos de manutenção a serem executados na revisão;
  • Desmontar, montar, inspecionar, realizar testes, calibrar e dar manutenção nos instrumentos de aeronaves;
  • Realizar a remoção, manutenção e instalação de baterias;
  • Fazer testes, analisar e corrigir as panes do sistema elétrico/eletrônico de equipamentos e instrumentos;
  • Inspecionar e substituir componentes dos sistemas elétricos/eletrônicos de equipamentos e instrumentos;
  • Instalar, remover, inspecionar, substituir e executar serviços em sistemas de comunicação e de navegação, de piloto automático, servomecanismos, sistemas de acoplamento e aproximação, sistemas de intercomunicação, sistemas VOR (Very High Frequency Omnidirectional Range), ILS (Instrument Landing System), LORAN (LOng RAnge Navigation), Radar beacon, FMS (Flight Management System) e GPWS (Ground Proximity Warning System);
  • Corrigir defeitos nos componentes elétricos e eletrônicos das cabines, setor das asas, seção central, setor do trem de pouso, antenas, luzes da empenagem, setor do motor, hélice, setor de comunicação, navegação e do sistema de piloto automático;
  • Fazer inspeção nos sistemas de detecção, eliminação e controle do gelo;
  • Aplicar procedimentos de manuais de fabricantes, publicações técnicas e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico;
  • Aplicar as normas técnicas relativas aos respectivos processos de trabalho relacionadas à qualidade, segurança, meio ambiente e saúde;
  • Emitir laudos técnicos e fazer vistorias dentro de suas atribuições;
  • Elaborar manuais técnicos e de boas práticas;
  • Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade.