...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Resolução do CFT define atribuições dos técnicos em Celulose e Papel

Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) aprovou a normativa, que entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União (DOU), que define ainda campos de atuação e prerrogativas dos profissionais registrados no Sistema CFT/CRTs responsáveis por supervisionar, controlar e executar processos de obtenção de celulose e de fabricação de papel.

O Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) aprovou resolução que define atribuições dos técnicos em Celulose e Papel. A normativa, que entra em vigor após publicação no Diário Oficial da União (DOU), esclarece a legislação e também estabelece os campos de atuação e as prerrogativas dos profissionais registrados no Sistema CFT/CRTs, responsáveis por supervisionar, controlar e executar processos relacionados à matéria prima e à fabricação do papel.

Técnicos em Celulose e Papel atuam em toda a cadeia produtiva do papel, desde a extração da matéria-prima, a celulose, até a sua transformação no papel. Os profissionais desta modalidade têm, entre suas atribuições, planejar, coordenar, executar e supervisionar os processos empregados na indústria do papel, assim como  aplicar normas técnicas e de segurança no trabalho.

O texto também assegura ao técnico em Celulose e Papel o exercício de outras atribuições, desde que compatíveis com sua formação, e a prerrogativa de atuar como perito, elaborando laudos de vistoria, avaliação, arbitramento e consultoria frente a órgãos públicos e setor privado. Para a regularização das atividades especificadas na normativa, o profissional deverá emitir o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT).

Palavra do presidente

O presidente do CFT destaca que ao normatizar e fiscalizar o exercício legal da profissão a autarquia federal promove a valorização da categoria e contribui para a redução do custo Brasil. “Ao contratar profissionais habilitados e fiscalizados por este conselho de classe a sociedade ganha em eficiência nos estudos, projetos e serviços elaborados, executados e prestados no setor público e na iniciativa privada”, pontua Solomar Rockembach.

Atribuições profissionais
Planejar, coordenar, executar e supervisionar os processos de secagem e corte na produção de papel;
Controlar processos de obtenção da celulose e de fabricação de papel;
Realizar ensaios e análises químicas, físicas e físico-químicas de matérias-primas e produtos seguindo normas e procedimentos técnicos;
Examinar a alvura da celulose, a pasta, a viscosidade, a pressão e a temperatura do gerador de vapor;
Fiscalizar o revestimento e a resistência do papel;
Coletar amostras e analisar resultados dos testes físicos das fases seca e úmida;
Ajustar gramatura, espessura e umidade da folha;
Preparar equipamentos para fabricação de pasta de celulose;
Operar máquina de fabricação e cortadeira de papel e papelão;
Monitorar estoques de pasta, celulose, material reciclável, madeira e de licores;
Supervisionar a emissão de resíduos industriais e a granulometria e espessura do cavaco de madeira;
Auxiliar na operação e no controle do processo de produção de fibra celulósica seguindo procedimentos operacionais, respeitando as normas técnicas, de segurança, qualidade e meio ambiente;
Emitir laudos técnicos e fazer vistorias dentro de suas atribuições;
Elaborar manuais técnicos e de boas práticas;
Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade.
Campos de Atuação 
Gerenciar, supervisionar, conduzir, dirigir, inspecionar, planejar e executar os trabalhos de sua especialidade;
Prestar assistência técnica no estudo e desenvolvimento de pesquisa tecnológica;
Responsabilizar-se pela coordenação e supervisão da execução de serviços técnicos;

Últimas notícias

Fiscalização apresenta resultados das avaliações de conformidade

Indicadores das atividades de equipes de fiscalização dos onze regionais que integram o Sistema CFT/CRTs relativos ao ano de 2023, colhidos durante as visitas de…
Ler mais...

CFT prestigia posse no Conselho Federal de Contabilidade

Diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) participou da solenidade prestigiada por deputados, senadores, representantes do Governo Federal, Governo do Distrito Federal, Tribunal…
Ler mais...

CFT aprimora Plano Nacional de Fiscalização Integrada

Normativa aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) modifica a resolução nº 190/2022 para aperfeiçoar as diretrizes de planejamento e execução da…
Ler mais...

Resolução do CFT define atribuições dos técnicos em Celulose e Papel

Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) aprovou a normativa, que entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União (DOU), que define ainda campos de atuação e prerrogativas dos profissionais registrados no Sistema CFT/CRTs responsáveis por supervisionar, controlar e executar processos de obtenção de celulose e de fabricação de papel.

O Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) aprovou resolução que define atribuições dos técnicos em Celulose e Papel. A normativa, que entra em vigor após publicação no Diário Oficial da União (DOU), esclarece a legislação e também estabelece os campos de atuação e as prerrogativas dos profissionais registrados no Sistema CFT/CRTs, responsáveis por supervisionar, controlar e executar processos relacionados à matéria prima e à fabricação do papel.

Técnicos em Celulose e Papel atuam em toda a cadeia produtiva do papel, desde a extração da matéria-prima, a celulose, até a sua transformação no papel. Os profissionais desta modalidade têm, entre suas atribuições, planejar, coordenar, executar e supervisionar os processos empregados na indústria do papel, assim como  aplicar normas técnicas e de segurança no trabalho.

O texto também assegura ao técnico em Celulose e Papel o exercício de outras atribuições, desde que compatíveis com sua formação, e a prerrogativa de atuar como perito, elaborando laudos de vistoria, avaliação, arbitramento e consultoria frente a órgãos públicos e setor privado. Para a regularização das atividades especificadas na normativa, o profissional deverá emitir o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT).

Palavra do presidente

O presidente do CFT destaca que ao normatizar e fiscalizar o exercício legal da profissão a autarquia federal promove a valorização da categoria e contribui para a redução do custo Brasil. “Ao contratar profissionais habilitados e fiscalizados por este conselho de classe a sociedade ganha em eficiência nos estudos, projetos e serviços elaborados, executados e prestados no setor público e na iniciativa privada”, pontua Solomar Rockembach.

Atribuições profissionais
Planejar, coordenar, executar e supervisionar os processos de secagem e corte na produção de papel;
Controlar processos de obtenção da celulose e de fabricação de papel;
Realizar ensaios e análises químicas, físicas e físico-químicas de matérias-primas e produtos seguindo normas e procedimentos técnicos;
Examinar a alvura da celulose, a pasta, a viscosidade, a pressão e a temperatura do gerador de vapor;
Fiscalizar o revestimento e a resistência do papel;
Coletar amostras e analisar resultados dos testes físicos das fases seca e úmida;
Ajustar gramatura, espessura e umidade da folha;
Preparar equipamentos para fabricação de pasta de celulose;
Operar máquina de fabricação e cortadeira de papel e papelão;
Monitorar estoques de pasta, celulose, material reciclável, madeira e de licores;
Supervisionar a emissão de resíduos industriais e a granulometria e espessura do cavaco de madeira;
Auxiliar na operação e no controle do processo de produção de fibra celulósica seguindo procedimentos operacionais, respeitando as normas técnicas, de segurança, qualidade e meio ambiente;
Emitir laudos técnicos e fazer vistorias dentro de suas atribuições;
Elaborar manuais técnicos e de boas práticas;
Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade.
Campos de Atuação 
Gerenciar, supervisionar, conduzir, dirigir, inspecionar, planejar e executar os trabalhos de sua especialidade;
Prestar assistência técnica no estudo e desenvolvimento de pesquisa tecnológica;
Responsabilizar-se pela coordenação e supervisão da execução de serviços técnicos;