...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Resolução define as atribuições dos Técnicos Industriais em Calçados

Normativa estabelece que conhecimento teórico e o respectivo registro junto ao Sistema CFT/CRT’s, são requisitos indispensáveis para responsabilidade técnica nos processos de planejamento, gerenciamento, execução, supervisão e assistência no setor calçadista.

As atribuições dos Técnicos Industriais em Calçados estão definidas por meio da Resolução Nº167, de 25 de janeiro de 2022. A normativa do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), aprovada na 23ª Sessão Plenária Deliberativa da autarquia federal, estabelece ainda os campos de atuação e a prerrogativa do técnico industrial responsabilizar-se por empresas, cujos objetivos sociais sejam condizentes com a sua qualificação técnica profissional.

Para atuar como Técnico Industrial em Calçados o profissional deverá ter cumprido 1.200 horas/aula em curso técnico da referida modalidade, reconhecido pelo Minsitério da Educação. Para o exercício profissional o mesmo precisa estar habilatado junto ao Conselho Federal ou regional da sua jurisdição. O conhecimento teórico e o respectivo registro junto ao Sistema CFT/CRT’s, são requisitos indispensáveis para que o Técnico Industrial em Calçados possa planejar, gerenciar, executar, supervisionar e prestar assistência técnica em projetos e trabalhos ligados ao setor calçadista.

  • Atribuições
  • Executar, coordenar e supervisionar operações relativas à fabricação de calçados, preparação, corte, costura, montagem e acabamento;
  • Atuar no planejamento, programação e no controle dos processos de produção;
  • Elaborar o orçamento de materiais, equipamentos, instalações e mão de obra, de seus próprios trabalhos ou de outros profissionais;
  • Dar assistência técnica na compra, venda e utilização de equipamentos e materiais especializados, assessorando, padronizando, mensurando e orçando;
  • Controlar a qualidade de matérias-primas, insumos e produtos;
  • Acompanhar tendências de mercado e verificar materiais alternativos para a confecção de calçados;
  • Definir a utilização de materiais, equipamentos e recursos humanos para produção;
  • Elaborar e implantar plano de manutenção e lubrificação de máquinas para a confecção de calçados;
  • Aplicar as normas técnicas relativas aos respectivos processos de trabalho relacionadas à qualidade, segurança, meio ambiente e saúde;
  • Analisar laudos e emitir parecer técnico sobre a proposição de novos processos produtivos e a viabilidade do beneficiamento de novos produtos;
  • Planejar e Controlar a produção de calçados e acessórios;
  • Elaborar manuais técnicos e de boas práticas;
  • Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade;
  • Executar gestão e planejamento de produção e criação de calçados.

Últimas notícias

CFT participa de lançamento do Selo Amigo da Escola

Projeto idealizado pelo Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado do Rio de Janeiro (CRT-RJ), pretende estimular e reconhecer o ensino técnico de qualidade oferecido…
Ler mais...

CFT prestigia lançamento de novo campus do Instituto Federal de Brasília

Presidente Solomar Rockembach participou do lançamento da pedra fundamental do projeto que será construído em uma das regiões administrativas mais populosas do Distrito Federal.
Ler mais...

Presidente do Senado recebe convite do CFT

Senador Rodrigo Pacheco (PSD/RO) foi convidado pelo presidente Solomar Rockembach para participar da Semana Nacional do Técnico Industrial 2024. Quinta edição do evento promovido pelo…
Ler mais...

Resolução define as atribuições dos Técnicos Industriais em Calçados

Normativa estabelece que conhecimento teórico e o respectivo registro junto ao Sistema CFT/CRT’s, são requisitos indispensáveis para responsabilidade técnica nos processos de planejamento, gerenciamento, execução, supervisão e assistência no setor calçadista.

As atribuições dos Técnicos Industriais em Calçados estão definidas por meio da Resolução Nº167, de 25 de janeiro de 2022. A normativa do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), aprovada na 23ª Sessão Plenária Deliberativa da autarquia federal, estabelece ainda os campos de atuação e a prerrogativa do técnico industrial responsabilizar-se por empresas, cujos objetivos sociais sejam condizentes com a sua qualificação técnica profissional.

Para atuar como Técnico Industrial em Calçados o profissional deverá ter cumprido 1.200 horas/aula em curso técnico da referida modalidade, reconhecido pelo Minsitério da Educação. Para o exercício profissional o mesmo precisa estar habilatado junto ao Conselho Federal ou regional da sua jurisdição. O conhecimento teórico e o respectivo registro junto ao Sistema CFT/CRT’s, são requisitos indispensáveis para que o Técnico Industrial em Calçados possa planejar, gerenciar, executar, supervisionar e prestar assistência técnica em projetos e trabalhos ligados ao setor calçadista.

  • Atribuições
  • Executar, coordenar e supervisionar operações relativas à fabricação de calçados, preparação, corte, costura, montagem e acabamento;
  • Atuar no planejamento, programação e no controle dos processos de produção;
  • Elaborar o orçamento de materiais, equipamentos, instalações e mão de obra, de seus próprios trabalhos ou de outros profissionais;
  • Dar assistência técnica na compra, venda e utilização de equipamentos e materiais especializados, assessorando, padronizando, mensurando e orçando;
  • Controlar a qualidade de matérias-primas, insumos e produtos;
  • Acompanhar tendências de mercado e verificar materiais alternativos para a confecção de calçados;
  • Definir a utilização de materiais, equipamentos e recursos humanos para produção;
  • Elaborar e implantar plano de manutenção e lubrificação de máquinas para a confecção de calçados;
  • Aplicar as normas técnicas relativas aos respectivos processos de trabalho relacionadas à qualidade, segurança, meio ambiente e saúde;
  • Analisar laudos e emitir parecer técnico sobre a proposição de novos processos produtivos e a viabilidade do beneficiamento de novos produtos;
  • Planejar e Controlar a produção de calçados e acessórios;
  • Elaborar manuais técnicos e de boas práticas;
  • Ministrar disciplinas técnicas de sua especialidade;
  • Executar gestão e planejamento de produção e criação de calçados.