Publicada no Diário Oficial da União em 27 de março de 2018, a lei nº 13.639, de criação do CFT, completa 1 ano.

  • 26 de março de 2019

Embora ainda haja muito a ser feito, a maior das façanhas já foi empreendida: a formação do conselho próprio dos técnicos e técnicas industriais do Brasil

Dia de avivar a memória de muito trabalho e adversidades enfrentadas pelo primeiro grupo de técnicos industriais que vislumbrou a criação do conselho, uma conquista que levou quase 40 anos, e que vários idealizadores partiram sem conseguir ver.

Historicamente os técnicos sempre foram subjugados por determinadas categorias ditas superiores, sendo até chamados pejorativamente de “denorex” – num pejorativo trocadilho com o bordão publicitário – e insinuando que eles pareciam engenheiros, mas não passavam de auxiliares sem importância.

No final da década de 1960 um grupo apoiado pelas escolas técnicas deu início ao movimento pela regulamentação profissional e criação do conselho próprio; na verdade, disseminando uma ideia para beneficiar as gerações futuras, os milhares de jovens formados nas mais diversas modalidades.

A discriminação e hostilidade contra os técnicos continuava, mas em contraponto, o movimento ganhava mais força. Liderados por Wilson Wanderlei Vieira, técnico industrial e atual Presidente do CFT, em 18 de agosto de 1979 os técnicos paulistas realizaram a assembleia de fundação da ATESP – Associação Profissional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo na Escola Técnica Getúlio Vargas, uma das mais importantes instituições de ensino técnico do estado e do país. Entre os objetivos traçados pela associação estavam a regulamentação profissional, a transformação das associações em sindicatos e a representatividade no Sistema CONFEA/CREA; reavivando a ideia da década anterior para que a categoria tivesse um conselho próprio para a fiscalização de suas atividades profissionais.

Após décadas de mobilização, a ideia se materializa no dia 6 março de 2018, quando a Secretaria de Expediente do Senado Federal remeteu um ofício ao ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, encaminhando uma mensagem (nº 12/2018) ao presidente da República.

No dia 26 de março o presidente Michel Temer sancionou a Lei nº 13.639/2018 criando o Conselho Federal e Regionais dos Técnicos Industriais. No dia seguinte, a lei foi publicada no DOU – Diário Oficial da União [Edição 59 – Seção 1 – Página 1].

Em 22 de junho foi eleita a primeira diretoria executiva e os conselheiros do CFT – Conselho Federal dos Técnicos Industriais, na sede da CNPL – Confederação Nacional das Profissões Liberais, entidade designada para coordenar, em articulação com as federações, sindicatos e associações técnicas, o processo eleitoral conforme disposto no artigo 34 da célebre Lei nº 13.639 de 2018.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Últimas notícias

CFT promove seu primeiro seminário de fiscalização para os Conselhos Regionais de todo o Brasil

O Conselho recebeu colaboradores do Sistema CFT/CRTs de várias regiões do país para debater diretrizes e metodologias de fiscalização O CFT realizou entre 7 e…
Ler mais...

40 anos da fundação da ATESP, entidade que deu início ao movimento dos técnicos pela regulamentação profissional e criação do Conselho

A Associação Profissional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo, criada em 18 de Agosto de 1979, reivindicava, principalmente, maior representatividade para os técnicos…
Ler mais...

CFT adota a Lei de simplificação e vincula número do Cadastro de Pessoas Físicas ao documento de registro profissional

Decreto Federal atribui ao CPF o caráter de documento substitutivo a outros documentos e CFT adota a alteração no registro dos técnicos O Decreto Federal…
Ler mais...