...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Projeto que amplia em até 300m² obras de responsabilidade dos Técnicos em Edificações e Técnicos em Construção Civil é entregue pelo CFT à Secretaria de Governo da Presidência da República

Audiência com ministra Flávia Arruda foi realizada nesta segunda-feira (14) no Palácio do Planalto

A Diretoria Executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais se reuniu na noite desta segunda-feira, 14 de junho, no Palácio do Planalto em Brasília (DF) com a ministra Flávia Arruda, da Secretaria de Governo da Presidência da República (SEGOV). Na ocasião, os diretores do CFT procederam a entrega do Projeto de Alteração do Decreto nº 90.922/85, que regulamenta a Lei nº 5.524, de 5 de novembro de 1968, que dispõe sobre o exercício da profissão de Técnico Industrial e Técnico Agrícola de nível médio.

A alteração pretendida pelo CFT visa ampliar as atribuições dos Técnicos em Edificações e Técnicos em Construção Civil para que possam projetar, calcular, dirigir, executar e responsabilizar-se tecnicamente por obras de edificações até 300m² de área a ser construída, podendo ser distribuídos em até 3 pavimentos e projetos complementares. Atualmente só é permitida a estes profissionais tais atribuições com até 80m² de área construída.

Pela diretoria do CFT participaram da audiência o Presidente do CFT, Wilson Wanderlei Vieira; o Vice-Presidente José Carlos Coutinho e o Diretor de Fiscalização e Normas Bernardino Gomes. Participou também o deputado federal Giovani Cherini (PL-RS) – que intermediou a reunião junto ao ministério – e o presidente do CRT-01 Luis Roberto Dias, coordenador do Fórum de Presidentes do Sistema CFT/CRT e representante os presidentes dos CRTs.

O presidente do CFT e Técnico em Edificações, Wilson Wanderlei Vieira, disse que a proposta é um antigo desejo dos dos Técnicos em Edificações e Técnicos em Construção Civil. “Essa reivindicação é baseada numa pesquisa que fizemos com os técnicos, e 300m² satisfazem bem o seu trabalho”, informou. E salientou a importância da mobilização para que o novo decreto seja promulgado. “O projeto está entregue e agora temos que fazer um movimento para que o Presidente Bolsonaro sancione nosso projeto. Peço aos técnicos que mandem e-mails para a Secretaria de Governo (segov.gabinete@presidencia.gov.br) para que a nossa reivindicação seja atendida”, finalizou o presidente do CFT

Últimas notícias

Conselho Federal recebe homenagem no Rio Grande do Sul

O Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) recebeu homenagem da Câmara de Vereadores do município de Bagé. O Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio…
Ler mais...

Lei Nº 13.639 – Parte 4

Competências do Conselho Federal
Ler mais...

Justiça Federal ratifica competência do Conselho Federal dos Técnicos Industriais

Sentença assinada pelo juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, titular da 14ª Vara Federal da Seção Judiciaria do Distrito Federal, proferida no dia 24 de novembro,…
Ler mais...

Projeto que amplia em até 300m² obras de responsabilidade dos Técnicos em Edificações e Técnicos em Construção Civil é entregue pelo CFT à Secretaria de Governo da Presidência da República

Audiência com ministra Flávia Arruda foi realizada nesta segunda-feira (14) no Palácio do Planalto

A Diretoria Executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais se reuniu na noite desta segunda-feira, 14 de junho, no Palácio do Planalto em Brasília (DF) com a ministra Flávia Arruda, da Secretaria de Governo da Presidência da República (SEGOV). Na ocasião, os diretores do CFT procederam a entrega do Projeto de Alteração do Decreto nº 90.922/85, que regulamenta a Lei nº 5.524, de 5 de novembro de 1968, que dispõe sobre o exercício da profissão de Técnico Industrial e Técnico Agrícola de nível médio.

A alteração pretendida pelo CFT visa ampliar as atribuições dos Técnicos em Edificações e Técnicos em Construção Civil para que possam projetar, calcular, dirigir, executar e responsabilizar-se tecnicamente por obras de edificações até 300m² de área a ser construída, podendo ser distribuídos em até 3 pavimentos e projetos complementares. Atualmente só é permitida a estes profissionais tais atribuições com até 80m² de área construída.

Pela diretoria do CFT participaram da audiência o Presidente do CFT, Wilson Wanderlei Vieira; o Vice-Presidente José Carlos Coutinho e o Diretor de Fiscalização e Normas Bernardino Gomes. Participou também o deputado federal Giovani Cherini (PL-RS) – que intermediou a reunião junto ao ministério – e o presidente do CRT-01 Luis Roberto Dias, coordenador do Fórum de Presidentes do Sistema CFT/CRT e representante os presidentes dos CRTs.

O presidente do CFT e Técnico em Edificações, Wilson Wanderlei Vieira, disse que a proposta é um antigo desejo dos dos Técnicos em Edificações e Técnicos em Construção Civil. “Essa reivindicação é baseada numa pesquisa que fizemos com os técnicos, e 300m² satisfazem bem o seu trabalho”, informou. E salientou a importância da mobilização para que o novo decreto seja promulgado. “O projeto está entregue e agora temos que fazer um movimento para que o Presidente Bolsonaro sancione nosso projeto. Peço aos técnicos que mandem e-mails para a Secretaria de Governo (segov.gabinete@presidencia.gov.br) para que a nossa reivindicação seja atendida”, finalizou o presidente do CFT