...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Por que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher?

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o CFT destaca conquistas das mulheres e personagens célebres da história brasileira, tais quais Maria da Penha, Maria Quitéria, Fernanda Montenegro, Tarsila do Amaral, Zilda Arns, Cora Coralina, Nise da Silveira e Marta Vieira (foto).

O Dia da Mulher foi celebrado pela primeira vez em maio de 1908 nos Estados Unidos, quando 1500 mulheres aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, o Partido Socialista dos EUA oficializou a data como sendo 28 de fevereiro, com um protesto que reuniu mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York e culminou em uma longa greve têxtil que fechou quase 500 fábricas.

Em 1910, durante uma Conferência Internacional de Mulheres na Dinamarca, foi aprovada uma resolução por 17 países, para a criação de uma data anual que celebrasse os direitos das mulheres. O intuito era honrar as lutas femininas, e assim, obter apoio para instituir o sufrágio universal em diversos países.

Porém, foi em 8 de março de 1917 que 90 mil operárias na Rússia manifestaram-se contra o Czar Nicolau II pelas más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra – consagrando assim a data, que seria oficializada como Dia Internacional da Mulher apenas em 1921.

Em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 60, os movimentos políticos de mulheres ganharam força e em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher, sendo reconhecido pela ONU em 1977.

Apesar do forte apelo comercial incorporado à data, é válido ressaltar seu real significado: o reconhecimento às conquistas das mulheres – e em especial às técnicas industriais, personagens célebres de uma história de progresso e desenvolvimento nacional.

 

Últimas notícias

CFT participa de lançamento do Selo Amigo da Escola

Projeto idealizado pelo Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado do Rio de Janeiro (CRT-RJ), pretende estimular e reconhecer o ensino técnico de qualidade oferecido…
Ler mais...

CFT prestigia lançamento de novo campus do Instituto Federal de Brasília

Presidente Solomar Rockembach participou do lançamento da pedra fundamental do projeto que será construído em uma das regiões administrativas mais populosas do Distrito Federal.
Ler mais...

Presidente do Senado recebe convite do CFT

Senador Rodrigo Pacheco (PSD/RO) foi convidado pelo presidente Solomar Rockembach para participar da Semana Nacional do Técnico Industrial 2024. Quinta edição do evento promovido pelo…
Ler mais...

Por que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher?

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o CFT destaca conquistas das mulheres e personagens célebres da história brasileira, tais quais Maria da Penha, Maria Quitéria, Fernanda Montenegro, Tarsila do Amaral, Zilda Arns, Cora Coralina, Nise da Silveira e Marta Vieira (foto).

O Dia da Mulher foi celebrado pela primeira vez em maio de 1908 nos Estados Unidos, quando 1500 mulheres aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, o Partido Socialista dos EUA oficializou a data como sendo 28 de fevereiro, com um protesto que reuniu mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York e culminou em uma longa greve têxtil que fechou quase 500 fábricas.

Em 1910, durante uma Conferência Internacional de Mulheres na Dinamarca, foi aprovada uma resolução por 17 países, para a criação de uma data anual que celebrasse os direitos das mulheres. O intuito era honrar as lutas femininas, e assim, obter apoio para instituir o sufrágio universal em diversos países.

Porém, foi em 8 de março de 1917 que 90 mil operárias na Rússia manifestaram-se contra o Czar Nicolau II pelas más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra – consagrando assim a data, que seria oficializada como Dia Internacional da Mulher apenas em 1921.

Em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 60, os movimentos políticos de mulheres ganharam força e em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher, sendo reconhecido pela ONU em 1977.

Apesar do forte apelo comercial incorporado à data, é válido ressaltar seu real significado: o reconhecimento às conquistas das mulheres – e em especial às técnicas industriais, personagens célebres de uma história de progresso e desenvolvimento nacional.