...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Encontro entre o Conselho Estadual de Educação e o CRT-BA visa estreitar um laço de cooperação.

Na última terça-feira, 13 de dezembro, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia, representado pelo seu presidente, técnico em eletrotécnica, Sandro Augusto Vieira e pelos conselheiros regionais, Gleidson Ramos e Michel Thompson, participou da última sessão ordinária de 2022, realizada pelo Conselho Estadual de Educação (CEE-BA), em Salvador.

Durante a sessão a autarquia foi apresentada como um órgão regulamentador e pôde dialogar junto ao Conselho Estadual de Educação com o objetivo de estreitar laços, propondo uma troca de conhecimentos perante os processos realizados por cada órgão, sobre as Resoluções e a participação no processo de atualização do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

O presidente do CEE Bahia, Paulo Gabriel Nacif, reforçou a importância do encontro com o Conselho dos Técnicos Industriais. “O CRT-BA é um Conselho muito forte e precisa se relacionar com o conselho estadual de educação que é onde efetivamente a relação educação técnica e profissional ocorre. Eu estou contente com esta reunião pois foi possível perceber a importância deste momento. Não tenho dúvidas que vamos criar um processo de interação profícua e contínua com o CRT-BA”, afirmou.

Para o Presidente do CRT-BA, Sandro Augusto Vieira, lutar por uma formação técnica de qualidade, estreitar parcerias junto aos órgãos responsáveis por regulamentar os cursos e instituições de ensino também é papel do Conselho. “Hoje nós demos um passo muito importante. Não somente para cuidar da qualificação, mas também da qualidade da formação do técnico. Sabemos que a partir desse momento temos um aliado importante e essa parceira fará com que o técnico seja valorizado desde a sua formação até o mundo do trabalho”, concluiu.

Últimas notícias

Presidente do CFT destaca importância da Itaipu Binacional

Companhia pública, líder mundial em geração de energia, fundada em 17 de maio de 1974, completa 50 anos de história.  
Ler mais...

Encontro das Diretorias Administrativas aborda gestão de pessoas

Boas práticas e processos de recursos humanos são o principal assunto da manhã do segundo dia da reunião, realizada na sede do Conselho Federal dos…
Ler mais...

Na Câmara dos Deputados, CFT participa de homenagem à Itaipu Binacional

Em sessão solene proposta pela deputada Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR), Câmara dos Deputados celebrou o 50º aniversário de fundação da companhia pública criada e regida…
Ler mais...

Encontro entre o Conselho Estadual de Educação e o CRT-BA visa estreitar um laço de cooperação.

Na última terça-feira, 13 de dezembro, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia, representado pelo seu presidente, técnico em eletrotécnica, Sandro Augusto Vieira e pelos conselheiros regionais, Gleidson Ramos e Michel Thompson, participou da última sessão ordinária de 2022, realizada pelo Conselho Estadual de Educação (CEE-BA), em Salvador.

Durante a sessão a autarquia foi apresentada como um órgão regulamentador e pôde dialogar junto ao Conselho Estadual de Educação com o objetivo de estreitar laços, propondo uma troca de conhecimentos perante os processos realizados por cada órgão, sobre as Resoluções e a participação no processo de atualização do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

O presidente do CEE Bahia, Paulo Gabriel Nacif, reforçou a importância do encontro com o Conselho dos Técnicos Industriais. “O CRT-BA é um Conselho muito forte e precisa se relacionar com o conselho estadual de educação que é onde efetivamente a relação educação técnica e profissional ocorre. Eu estou contente com esta reunião pois foi possível perceber a importância deste momento. Não tenho dúvidas que vamos criar um processo de interação profícua e contínua com o CRT-BA”, afirmou.

Para o Presidente do CRT-BA, Sandro Augusto Vieira, lutar por uma formação técnica de qualidade, estreitar parcerias junto aos órgãos responsáveis por regulamentar os cursos e instituições de ensino também é papel do Conselho. “Hoje nós demos um passo muito importante. Não somente para cuidar da qualificação, mas também da qualidade da formação do técnico. Sabemos que a partir desse momento temos um aliado importante e essa parceira fará com que o técnico seja valorizado desde a sua formação até o mundo do trabalho”, concluiu.