...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

CFT promove seminário jurídico nacional

Evento técnico voltado a dirigentes, procuradores, assessores e advogados do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) e dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs), a ser realizado nos dias 18 e 19 de julho, tem a finalidade de promover a integração e alinhar entendimentos dos departamentos jurídicos no Sistema CFT/CRTs, para proporcionar mais segurança jurídica aos conselhos, aos profissionais e à sociedade.

O Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) promove o Seminário Jurídico nacional. O evento técnico, que neste ano ocorre nos dias 18 e 19 de julho no Rio de Janeiro, objetiva promover a integração e o alinhamento entre os departamentos jurídicos da autarquia federal e dos onze regionais que compões o Sistema CFT/CRTs, com a finalidade de dar mais segurança jurídica aos conselhos, aos profissionais e à sociedade.

Para alcançar este objetivo, dirigentes, procuradores, assessores, advogados e demais funcionários vão participar de palestras e apresentar soluções empregadas nos departamentos jurídicos do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) e dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs).

Palestras
Com o tema “Desafios e Novos Rumos”, o seminário conta com 12 horas de conteúdo, entre palestras ministradas por auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), por procuradores dos CRTs e do CFT e sessões de debate.

Entre os temas abordados está o parecer jurídico, documento que é emitido para orientar tomadas de decisão no âmbito do serviço público. Duas palestras vão tratar de leis federais – a Lei Geral de Proteção de dados (LGPD, nº 13.709/2018) e a Nova Lei de Licitações (NLL, nº 14.133/2021) – e suas repercussões para o Sistema CFT/CRTs.

Também será abordada a atuação dos técnicos industriais no Corpo de Bombeiros Militar, a estrutura, extensão e os limites de atuação da procuradoria jurídica dentro dos conselhos de fiscalização profissional, entre outros temas.

Capacitação continuada
Para Antenor Alves, procurador chefe do CFT, o seminário tem a finalidade de promover integração e homogeneização das práticas jurídicas do sistema CFT/CRTs, o que vai contribuir para a capacitação continuada dos colaboradores e a excelência dos serviços prestados aos técnicos industriais, metas estratégicas da gestão 2022/2026.

“Queremos que cada regional leve para o seminário suas experiências e soluções que empregou para superar desafios jurídicos para que essas boas práticas possam ser replicadas em todo o Sistema CFT/CRTs quando forem encontrados desafios semelhantes. Com essa homogeneização, poderemos dar mais segurança jurídica não apenas para o CFT e seus regionais, mas também para a sociedade”, pontuou o procurador.

Últimas notícias

Fiscalização apresenta resultados das avaliações de conformidade

Indicadores das atividades de equipes de fiscalização dos onze regionais que integram o Sistema CFT/CRTs relativos ao ano de 2023, colhidos durante as visitas de…
Ler mais...

CFT prestigia posse no Conselho Federal de Contabilidade

Diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) participou da solenidade prestigiada por deputados, senadores, representantes do Governo Federal, Governo do Distrito Federal, Tribunal…
Ler mais...

CFT aprimora Plano Nacional de Fiscalização Integrada

Normativa aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) modifica a resolução nº 190/2022 para aperfeiçoar as diretrizes de planejamento e execução da…
Ler mais...

CFT promove seminário jurídico nacional

Evento técnico voltado a dirigentes, procuradores, assessores e advogados do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) e dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs), a ser realizado nos dias 18 e 19 de julho, tem a finalidade de promover a integração e alinhar entendimentos dos departamentos jurídicos no Sistema CFT/CRTs, para proporcionar mais segurança jurídica aos conselhos, aos profissionais e à sociedade.

O Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) promove o Seminário Jurídico nacional. O evento técnico, que neste ano ocorre nos dias 18 e 19 de julho no Rio de Janeiro, objetiva promover a integração e o alinhamento entre os departamentos jurídicos da autarquia federal e dos onze regionais que compões o Sistema CFT/CRTs, com a finalidade de dar mais segurança jurídica aos conselhos, aos profissionais e à sociedade.

Para alcançar este objetivo, dirigentes, procuradores, assessores, advogados e demais funcionários vão participar de palestras e apresentar soluções empregadas nos departamentos jurídicos do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) e dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs).

Palestras
Com o tema “Desafios e Novos Rumos”, o seminário conta com 12 horas de conteúdo, entre palestras ministradas por auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), por procuradores dos CRTs e do CFT e sessões de debate.

Entre os temas abordados está o parecer jurídico, documento que é emitido para orientar tomadas de decisão no âmbito do serviço público. Duas palestras vão tratar de leis federais – a Lei Geral de Proteção de dados (LGPD, nº 13.709/2018) e a Nova Lei de Licitações (NLL, nº 14.133/2021) – e suas repercussões para o Sistema CFT/CRTs.

Também será abordada a atuação dos técnicos industriais no Corpo de Bombeiros Militar, a estrutura, extensão e os limites de atuação da procuradoria jurídica dentro dos conselhos de fiscalização profissional, entre outros temas.

Capacitação continuada
Para Antenor Alves, procurador chefe do CFT, o seminário tem a finalidade de promover integração e homogeneização das práticas jurídicas do sistema CFT/CRTs, o que vai contribuir para a capacitação continuada dos colaboradores e a excelência dos serviços prestados aos técnicos industriais, metas estratégicas da gestão 2022/2026.

“Queremos que cada regional leve para o seminário suas experiências e soluções que empregou para superar desafios jurídicos para que essas boas práticas possam ser replicadas em todo o Sistema CFT/CRTs quando forem encontrados desafios semelhantes. Com essa homogeneização, poderemos dar mais segurança jurídica não apenas para o CFT e seus regionais, mas também para a sociedade”, pontuou o procurador.