...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

CFT no Outubro Rosa

Valendo-se das redes sociais, instituições públicas e privadas em todo o mundo atentam para a prevenção do câncer de mama durante o mês de outubro

O Movimento Outubro Rosa teve início em 1990 em um evento chamado “Corrida pela cura”. A corrida promovida em Nova Iorque, visava a arrecadação de fundos que financiariam uma pesquisa da instituição Susan G. Komen Breast Cancer Foundation. Dado o impacto do evento, outubro foi instituído como o mês de conscientização nacional nos Estados Unidos, que logo foi aderido por outros países, obtendo alcance global.

A primeira ação referente ao Outubro Rosa no Brasil ocorreu em 2002, no parque Ibirapuera, em São Paulo, quando o Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista ganhou iluminação cor-de-rosa, fomentando a curiosidade e atenção dos paulistas para o movimento que logo ganharia força em todo o Brasil.

O câncer de mama corresponde à quinta causa de morte por câncer em geral – 626.679 óbitos – e a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres. Por isso, o CFT adere ao Outubro Rosa, movimento mundial no qual instituições públicas e privadas dispõem da visibilidade de suas redes sociais para divulgar informações úteis acerca da prevenção e diagnóstico precoce da doença.

Vale destacar que a prevenção do câncer de mama é feita por meio do autoexame, observação de alterações de cor e textura nas mamas e pela mamografia a cada 2 anos para mulheres entre 50 e 69 anos. O Ministério da Saúde estima que por meio de alimentação equilibrada, nutrição e atividade física – o risco de se desenvolver o câncer de mama pode ser reduzido em até 28%. Além do controle de peso por meio de alimentação saudável e exercícios físicos, evitar o consumo de bebidas alcoólicas também é recomendação para prevenir o câncer de mama.

Faça aqui o download da Cartilha “Câncer de Mama: é preciso falar disso”  do INCA.

 

 

Últimas notícias

CFT presente na Marcha em Defesa dos Municípios

Estande do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) na 25ª edição do evento organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) amplia aproximação com chefes do…
Ler mais...

Presidente do CFT destaca importância da Itaipu Binacional

Companhia pública, líder mundial em geração de energia, fundada em 17 de maio de 1974, completa 50 anos de história.  
Ler mais...

Gestão de pessoas pauta encerramento do Encontro de Diretorias Administrativas

Boas práticas e processos de recursos humanos são o principal assunto da manhã do segundo dia da reunião, realizada na sede do Conselho Federal dos…
Ler mais...

CFT no Outubro Rosa

Valendo-se das redes sociais, instituições públicas e privadas em todo o mundo atentam para a prevenção do câncer de mama durante o mês de outubro

O Movimento Outubro Rosa teve início em 1990 em um evento chamado “Corrida pela cura”. A corrida promovida em Nova Iorque, visava a arrecadação de fundos que financiariam uma pesquisa da instituição Susan G. Komen Breast Cancer Foundation. Dado o impacto do evento, outubro foi instituído como o mês de conscientização nacional nos Estados Unidos, que logo foi aderido por outros países, obtendo alcance global.

A primeira ação referente ao Outubro Rosa no Brasil ocorreu em 2002, no parque Ibirapuera, em São Paulo, quando o Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista ganhou iluminação cor-de-rosa, fomentando a curiosidade e atenção dos paulistas para o movimento que logo ganharia força em todo o Brasil.

O câncer de mama corresponde à quinta causa de morte por câncer em geral – 626.679 óbitos – e a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres. Por isso, o CFT adere ao Outubro Rosa, movimento mundial no qual instituições públicas e privadas dispõem da visibilidade de suas redes sociais para divulgar informações úteis acerca da prevenção e diagnóstico precoce da doença.

Vale destacar que a prevenção do câncer de mama é feita por meio do autoexame, observação de alterações de cor e textura nas mamas e pela mamografia a cada 2 anos para mulheres entre 50 e 69 anos. O Ministério da Saúde estima que por meio de alimentação equilibrada, nutrição e atividade física – o risco de se desenvolver o câncer de mama pode ser reduzido em até 28%. Além do controle de peso por meio de alimentação saudável e exercícios físicos, evitar o consumo de bebidas alcoólicas também é recomendação para prevenir o câncer de mama.

Faça aqui o download da Cartilha “Câncer de Mama: é preciso falar disso”  do INCA.