...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

CFT aprova desmembramento do CRT-01 e criação de dois novos conselhos regionais

Proposta aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) amplia o atendimento local para os 760 mil técnicos registrados em todo o Brasil.

O Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) aprovou proposta que desmembra o Conselho Regional dos Técnicos Industriais da 1ª Região (CRT-01) e cria os regionais CRT-05 e CRT-06. A normativa, que entra em vigor após publicação no Diário Oficial da União (DOU), reduz de nove para três unidades da Federação a área de jurisdição do regional que abrange mais de 50% do território nacional.

Até 2026 o CRT-01 permanece atendendo o Distrito Federal e os estados do Acre, Amazonas, Goiás Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima e Tocantins. Neste regional que integra o Sistema CFT/CRTs estão registrados mais de 62 mil mil profissionais que atuam em 105 modalidades técnicas. Os novos regionais criados são: CRT-05 (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e CRT-06 (Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima).

Com o desmembramento e a criação dos novos regionais o mapa do Sistema CFT/CRTs será reformulado. O número de conselhos regionais sobe de 11 para 13, ampliando o atendimento local para os 760 mil técnicos registrados em todo o Brasil.

Palavra dos presidentes

O presidente do CFT destaca que “o objetivo do desmembramento é promover a eficiência no atendimento aos técnicos industriais, aproximar o conselho de classe da sociedade e ampliar a fiscalização educativa e orientativa sobre o exercício legal da profissão”. Solomar Rockembach também ressalta que a resolução foi submetida ao Plenário após estudo de viabilidade financeira, que comprovou “condições de efetivo custeio com recursos próprios, ou seja, tanto o CRT-01, quanto os regionais CRT-05 e CRT-06, terão autonomia administrativa e financeira para trabalhar e desenvolver ações de valorização profissional e proteção da sociedade”, pontua Solomar Rockembach.

Presente na sessão de votação, o presidente do CRT-01 usou a palavra para reivindicar apoio à aprovação da proposta que recebeu parecer favorável da Comissão de Tomada de Contas (CTC). Em sua manifestação, Marcelo Guimarães Silva ressaltou que o seu regional abrange 50% do território nacional, fator que gera custos financeiros e operacionais compatíveis com a distância geográfica entre a sede administrativa localizada em Brasília (DF) e as demais unidades da federação onde são realizadas ações de fiscalização, registro profissional e atendimento aos diversos setores da sociedade local e regional.

Sobre o desmembramento e a criação dos novos regionais

Os efeitos da Resolução nº 252/2024 começam com a publicação da normativa no Diário Oficial da União (DOU), mas a efetiva instalação dos regionais deverá ocorrer no ano de 2026, com eleição e posse das novas diretorias executivas e membros dos plenários. A partir do ano de 2024 iniciam atos preparatórios necessários para a transição entre os novos regionais.

Caberá à atual diretoria do CRT-01 viabilizar a efetiva transição. Na última sessão plenária de 2025, o CRT-01 deverá apresentar relatório descrevendo todos os atos de gestão praticados no sentido de viabilizar a transição entre os regionais, incluindo relatórios contábeis demonstrando a reserva de valores prevista para os novos regionais.

 

Futuras áreas de abrangência
CRT-01
Distrito Federal
Goiás
Tocantins
CRT-05
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
CRT-06
Acre
Amazonas
Rondônia
Roraima

 

 

 

 

 

 

Últimas notícias

Fiscalização apresenta resultados das avaliações de conformidade

Indicadores das atividades de equipes de fiscalização dos onze regionais que integram o Sistema CFT/CRTs relativos ao ano de 2023, colhidos durante as visitas de…
Ler mais...

CFT prestigia posse no Conselho Federal de Contabilidade

Diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) participou da solenidade prestigiada por deputados, senadores, representantes do Governo Federal, Governo do Distrito Federal, Tribunal…
Ler mais...

CFT aprimora Plano Nacional de Fiscalização Integrada

Normativa aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) modifica a resolução nº 190/2022 para aperfeiçoar as diretrizes de planejamento e execução da…
Ler mais...

CFT aprova desmembramento do CRT-01 e criação de dois novos conselhos regionais

Proposta aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) amplia o atendimento local para os 760 mil técnicos registrados em todo o Brasil.

O Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) aprovou proposta que desmembra o Conselho Regional dos Técnicos Industriais da 1ª Região (CRT-01) e cria os regionais CRT-05 e CRT-06. A normativa, que entra em vigor após publicação no Diário Oficial da União (DOU), reduz de nove para três unidades da Federação a área de jurisdição do regional que abrange mais de 50% do território nacional.

Até 2026 o CRT-01 permanece atendendo o Distrito Federal e os estados do Acre, Amazonas, Goiás Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima e Tocantins. Neste regional que integra o Sistema CFT/CRTs estão registrados mais de 62 mil mil profissionais que atuam em 105 modalidades técnicas. Os novos regionais criados são: CRT-05 (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e CRT-06 (Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima).

Com o desmembramento e a criação dos novos regionais o mapa do Sistema CFT/CRTs será reformulado. O número de conselhos regionais sobe de 11 para 13, ampliando o atendimento local para os 760 mil técnicos registrados em todo o Brasil.

Palavra dos presidentes

O presidente do CFT destaca que “o objetivo do desmembramento é promover a eficiência no atendimento aos técnicos industriais, aproximar o conselho de classe da sociedade e ampliar a fiscalização educativa e orientativa sobre o exercício legal da profissão”. Solomar Rockembach também ressalta que a resolução foi submetida ao Plenário após estudo de viabilidade financeira, que comprovou “condições de efetivo custeio com recursos próprios, ou seja, tanto o CRT-01, quanto os regionais CRT-05 e CRT-06, terão autonomia administrativa e financeira para trabalhar e desenvolver ações de valorização profissional e proteção da sociedade”, pontua Solomar Rockembach.

Presente na sessão de votação, o presidente do CRT-01 usou a palavra para reivindicar apoio à aprovação da proposta que recebeu parecer favorável da Comissão de Tomada de Contas (CTC). Em sua manifestação, Marcelo Guimarães Silva ressaltou que o seu regional abrange 50% do território nacional, fator que gera custos financeiros e operacionais compatíveis com a distância geográfica entre a sede administrativa localizada em Brasília (DF) e as demais unidades da federação onde são realizadas ações de fiscalização, registro profissional e atendimento aos diversos setores da sociedade local e regional.

Sobre o desmembramento e a criação dos novos regionais

Os efeitos da Resolução nº 252/2024 começam com a publicação da normativa no Diário Oficial da União (DOU), mas a efetiva instalação dos regionais deverá ocorrer no ano de 2026, com eleição e posse das novas diretorias executivas e membros dos plenários. A partir do ano de 2024 iniciam atos preparatórios necessários para a transição entre os novos regionais.

Caberá à atual diretoria do CRT-01 viabilizar a efetiva transição. Na última sessão plenária de 2025, o CRT-01 deverá apresentar relatório descrevendo todos os atos de gestão praticados no sentido de viabilizar a transição entre os regionais, incluindo relatórios contábeis demonstrando a reserva de valores prevista para os novos regionais.

 

Futuras áreas de abrangência
CRT-01
Distrito Federal
Goiás
Tocantins
CRT-05
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
CRT-06
Acre
Amazonas
Rondônia
Roraima